Clube do Técnico | Aprenda sobre Supercondutores

Aprenda sobre Supercondutores

O que são os supercondutores?
Supercondutores são os materiais que têm a propriedade de conduzir a corrente elétrica sem nenhuma resistência e, consequentemente, sem perda de energia.

Foi com o trio de físicos americanos Jonh Bardeen, Leon Cooper e Robert Schrieffer, que em 1972 surgiu a explicação para o fenômeno da supercondutividade, fato que deu a eles o prêmio Nobel da física naquele ano. O que fez a explicação deles ser tão importante foi o fato de eles mostrarem que esse fenômeno não está ligado somente à diminuição da agitação térmica dos átomos e moléculas de um material, quando esse está sob baixas temperaturas. Dessa forma, surgiu a ideia da possibilidade da existência desse fenômeno com temperaturas muito elevadas, mas as experiências com condutores metálicos relacionadas a essa possibilidade não deram resultados.

Anos mais tarde os físicos da IBM, o suíço Karl Alexander Muller e o alemão Johannes G. Bednorz, conseguiram a supercondutividade a 35 K, o que corresponde a – 238 °C. Graças às suas descobertas e à comprovação da supercondutividade que esses dois físicos cientistas ganharam, em 1986, o prêmio Nobel de Física. Esse fato foi um grande avanço para toda ciência e permitiu avanços significativos em vários ramos de pesquisas.

As pesquisas atuais mostram que poucos materiais apresentam a propriedade da supercondutividade. E quando ela pode ser obtida é a temperaturas muito baixas (-150ºC), o que torna sua utilização comercial praticamente inviável.
O grande desafio científico nessa área está sendo obter materiais que apresentem a supercondutividade em temperaturas próximas à temperatura ambiente, para torná-los acessíveis.

A supercondutividade é muito importante e tem larga aplicação. Essa propriedade não é aplicada somente na transmissão de energia elétrica, mas também em várias outras como:

  • Na construção de magnetos supercondutores que geram campo magnético extremamente forte, os quais possibilitam a construção dos chamados aceleradores de partículas;
  • Nos aparelhos eletrônicos que funcionam à base de eletricidade, diminuindo o seu tamanho e o gasto de energia dos mesmos;
  • Nos fios supercondutores utilizados em computadores, permitindo que os chips sejam cada vez menores e mais rápidos no processamento de dados;
  • Em ímãs, permitindo que eles possam flutuar sobre a superfície de um material supercondutor. Esse fato possibilita a construção e operação dos chamados trens bala, os quais trafegam apenas flutuando sobre o trilho.

Baixe o ebook de Eletrônica
 

Curso Online


ENDEREÇO


FORMAS DE PAGAMENTO


AFILIAÇÕES




FACEBOOK